Feliz 2016!!

E aí Nerds?!

No último dia do ano a Equipe Nerdíssimos vem agradecer a vocês por tudo! Muito obrigado por cada visualização, curtida e comentário nesses pouco mais de dois meses de blog! Obrigado por ajudarem nosso blog a crescer um pouquinho mais a cada dia! Que em 2016 cresçamos muito mais, e esperamos que vocês continuem nos acompanhando e nos ajudando!

Obrigado a cada seguidor do blog, pelas curtidas e comentários:

Obrigado a cada seguidor do Twitter, são poucos, mas a cada dia aumentam um pouquinho:

twiter nerd

Obrigado por cada curtida na página do Facebook:

facebook nerd

E obrigado a cada seguidor no Instagram, por cada curtida, comentário e marcações em tags, já somos mais de 900 e esperamos crescer muito mais!

instagram nerd

Que 2016 venha e traga muitas alegrias, sucesso, realizações e muito livros pra todos nós!

Muito obrigado!

Equipe Nerdíssimos

Anúncios

Resenha de Amy & Matthew

IMG_20151109_112341 (2)

Autora: Cammie McGovern                          Editora: Galera Record

Amy & Matthew é uma história de superação de dois adolescentes. Fiquei super apaixonada pela capa e a frase que fica abaixo do título me deixou mais curiosa ainda: “Às vezes, “eu te amo” é o mais difícil de dizer”, com uma frase dessas não dá vontade de ler o livro?? Vamos dar uma olhada na sinopse.

“Amy e Matthew não se conheciam realmente. Não eram amigos. Matthew sabia quem ela era, claro, mas ele também sabia quem eram várias outras pessoas que não eram seus amigos. Amy tinha uma eterna fachada de felicidade estampada em seu rosto, mesmo tendo uma debilitante deficiência que restringe seus movimentos. Matthew nunca planejou contar a Amy o que pensava, mas depois que a diz para enxergar a realidade e parar de se enganar, ela percebe que é exatamente de alguém assim que precisa. À medida que passam mais tempo juntos, Amy descobre que Matthew também tem seus problemas e segredos, e decide tentar ajudá-lo da mesma forma que ele a ajudou. E quando a relação que começou como uma amizade se transforma em outra coisa que nenhum dos dois esperava (ou sabe definir), eles percebem que falam tudo um para o outro… exceto o que mais importa.”

Continuar lendo

TAG: A Very Christmas Book Tag

 Oi Nerds!

Primeiramente, me desculpem! Era para ter liberado esse post no dia 24 ou 25, mas com a correria do natal não consegui. 😦

Porém como eu achei muito legal, resolvi postar, mesmo sendo com atraso. É uma tag que o Lendo e Apreciando nos indicou, a A Very Christmas Book Tag, que foi criada pelo Henri B. Neto do Na Minha Estante e ela consiste em relacionar algumas tradições com livros.

E vamos lá:

Continuar lendo

Resenha de Cartas de Amor aos Mortos

IMG_20151109_113356 (2)

Autora: Ava Dellaira                              Editora: Seguinte

Cartas de amor aos mortos foi um livro que despertou minha curiosidade, devido a história ser contada através de cartas, no começo tinha receio que faltassem detalhes ou que a história se perdesse, pulando no tempo, porém, tive uma boa surpresa. Ava Dellaira conseguiu tratar temas fortes, como morte, luto, separação e outros, que vou manter segredo (nada de spoiler hahaha) com de um jeito simples e delicado e ao mesmo tempo emocionante e que nos faz refletir. Vejam a sinopse:

Tudo começa com uma tarefa para a escola: escrever uma carta para alguém que já morreu. Logo o caderno de Laurel está repleto de mensagens para Kurt Cobain, Janis Joplin, Amy Winehouse, Heath Ledger, Judy Garland, Elizabeth Bishop… apesar de ela jamais entregá-las à professora. Nessas cartas, ela analisa a história de cada uma dessas personalidades e tenta desvendar os mistérios que envolvem suas mortes. Ao mesmo tempo, conta sobre sua própria vida, como as amizades no novo colégio e seu primeiro amor: um garoto misterioso chamado Sky.
Mas Laurel não pode escapar de seu passado. Só quando ela escrever a verdade sobre o que se passou com ela e com a irmã é que poderá aceitar o que aconteceu e perdoar May e a si mesma. E só quando enxergar a irmã como realmente era — encantadora e incrível, mas imperfeita como qualquer um — é que poderá seguir em frente e descobrir seu próprio caminho.

Continuar lendo

Resenha de A Probabilidade Estatística do Amor à Primeira Vista

IMG_0266 (3)

Autora: Jennifer E. Smith                               Editora: Galera Record

A Probabilidade Estatística do Amor à Primeira Vista é um livro com uma capa muito linda, um título curioso e uma premissa interessante. A história se passa em apenas 24 horas, mas muita coisa acontece nesse dia. Vamos conferir a sinopse:

Com uma certa atmosfera de Um dia, mas voltado para o público jovem adulto, A probabilidade estatística do amor à primeira vista é uma história romântica, capaz de conquistar fãs de todas as idades. Quem imaginaria que quatro minutos poderiam mudar a vida de alguém? Mas é exatamente o que acontece com Hadley. Presa no aeroporto em Nova York, esperando outro voo depois de perder o seu, ela conhece Oliver. Um britânico fofo, que se senta a seu lado na viagem para Londres. Enquanto conversam sobre tudo, eles provam que o tempo é, sim, muito, muito relativo. Passada em apenas 24 horas, a história de Oliver e Hadley mostra que o amor, diferentemente das bagagens, jamais se extravia.

Na história, Hadley está indo, contra sua vontade, ao o casamento de seu pai em Londres, mas perde seu voo por apenas quatro minutos de atraso. Então a menina tem que passar horas no aeroporto esperando o próximo avião, e é assim que conhece Oliver, um britânico fofo que a ajuda com as malas e acaba fazendo companhia a garota durante a espera. Além disso, o moço se senta ao seu lado no avião, o que faz com que passem mais tempo juntos e se conheçam melhor. Durante a viagem ela descobre que Oliver está indo a Londres para uma cerimônia também e conta a ele sobre seus problemas com seu pai, seus medos e dúvidas.

Gostei muito dos protagonistas, Hadley, apesar de nova, cresceu muito no desenrolar da história, com a ajuda de Oliver, claro, gostei também dos personagens secundários, dos pais da menina e da madrasta também. Outro ponto legal é que o livro não foca só no romance, os problemas entre a protagonista e o pai são destacados na história, todas as mágoas e lembranças de infância da menina, achei a história comovente.

O livro mostra que quatro minutos podem fazer a diferença e que em 24 horas pode acontecer muita coisa. Tudo seria diferente se Hadley tivesse entrado no primeiro voo e não tivesse conhecido Oliver.

A leitura é bem rápida, é daquele tipo de livro para ler de uma vez. Apesar de ser destinado aos jovens não é um romance bobinho, água com açúcar, tem a mistura de romance e drama na medida certa, tem cenas engraçadas e algumas surpreendentes. Recomendo A Probabilidade Estatística do Amor à Primeira Vista, principalmente para aquelas tardes chuvosas, quando você só quer um cobertor, um chocolate quente e um bom livro.

Por Amanda Padovan

Resenha de Sábado à Noite

IMG_20151109_112518

Autora: Babi Dewet                           Editora: Generale

Sábado à Noite foi um livro que conheci por acaso, um dia, navegando pela internet achei o Facebook da Babi Dewet, eu nem a conhecia, muito menos seu trabalho, mas fiquei curiosa, aí pesquisando descobri que os livros, na época só tinham lançado os dois primeiros, são baseados na fanfic da escritora sobre o McFly. Pela sinopse e por descobrir que a protagonista era minha xará, o livro foi parar na minha listinha, mas pela dificuldade de encontrar aqui (não é um livro que se acha facilmente nas livrarias do interior, tanto que na que eu trabalhava NUNCA teve) foi ficando pra depois… Até que ganhei de presente do meu namorado junto com A Seleção 😀 Aí corri pra ler né! Olha a sinopse:

Esta é a história de um amor jovem, verdadeiro e conflitante. Amanda é a garota mais bonita do colégio – e também a mais popular -, e seu melhor amigo faz de tudo para arranjar encrenca e só anda com os maus elementos do pedaço: os marotos. Por causa de um trabalho de Artes, Amanda acaba descobrindo que ela não é quem sempre achou que fosse. Ser a menina mais desejada talvez não seja tão bom assim…

Tudo ao seu redor começa a desmoronar quando uma paixão mal-resolvida volta à tona e sua lealdade é posta à prova. Seria um garoto mais importante que uma amiga? Como se não bastasse, o diretor da escola resolve promover bailes aos sábados e convida uma misteriosa banda mascarada para tocar. Os músicos, além de muito talentosos, conseguem mexer com todos, até mesmo com Amanda e suas melhores amigas.

Quanto mistério para um simples baile! Mas as letras das músicas cantadas pela misteriosa banda dizem muito sobre ela e seus amores… Como poderiam os músicos saber de tudo aquilo? Afinal, quem eram os mascarados de Sábado à Noite?

Continuar lendo

Vem aí: A 5ª Onda

E aí Nerds?!

Acho que vocês já ouviram falar do livro A 5ª Onda da Editora Fundamento né? Ficou bem popular quando lançou, inclusive ele e o segundo livro, O Mar Infinito, estão na lista de mais vendidos do The New York Times.

Para quem não conhece, é esse:

Aproveitem que está com 30% de desconto na loja da editora!

Bom, a novidade é que dia 21 de Janeiro de 2016 estreia o filme no Brasil! 😀

O elenco conta com Chloe Grace Moretz de Se Eu Ficar e é indicado para os amantes de distopias. Vamos ver a sinopse e o trailer:

Sinopse:

A Terra repentinamente sofre uma série de ataques alienígenas.

Na primeira onda de ataques, um pulso eletromagnético retira a eletricidade do planeta. Na segunda onda, um tsunami gigantesco mata 40% da população. Na terceira onda, os pássaros passam a transmitir um vírus que mata 97% das pessoas que resistiram aos ataques anteriores. Na quarta onda, os próprios alienígenas se infiltram entre os humanos restantes, espalhando a dúvida entre todos.
Com a proximidade cada vez maior da quinta onda, que promete exterminar de vez a raça humana, a adolescente Cassie Sullivan (Chloe Grace Moretz) precisa proteger seu irmão mais novo e descobrir em quem pode confiar.
Trailer:
  E aí, o que acharam?? Promete né?? Eu estou louca para ver!
Por Amanda Padovan

Resenha de Perdida

IMG_20151109_113247 (2)

Autora: Carina Rissi                               Editora: Verus

Depois que li o conto da Carina Rissi no Livro dos Vilões (acho que foi um dos únicos contos que eu gostei no livro) achei que ela escrevia muito bem e PRECISAVA ler um livro dela, escolhi Perdida porque a sinopse me pareceu promissora e a capa é maravilhosa também. Olha essa sinopse!

Sofia vive em uma metrópole, está habituada com a modernidade e as facilidades que isto lhe proporciona. Ela é independente e tem pavor a menção da palavra casamento. Os únicos romances em sua vida são os que os livros lhe proporcionam. Mas tudo isso muda depois que ela se vê em uma complicada condição. Após comprar um novo aparelho celular, algo misterioso acontece e Sofia descobre que está perdida no século XIX, sem ter ideia de como ou se voltará. Ela é acolhida pela família Clarke, enquanto tenta desesperadamente encontrar um meio de voltar para casa. Com a ajuda de prestativo Ian, Sofia embarca numa procura as cegas e acaba encontrando algumas pistas que talvez possam leva-la de volta para casa. O que ela não sabia era que seu coração tinha outros planos.

Continuar lendo

Tag Esse ou Esse?

E aí, gente!

A Jessica, do blog Book and Movies, nos marcou para responder a Tag Esse ou Esse?, que é uma espécie de batalha de livros.

Essas são as regras:

  • Colocar o blog que te indicou no início do post;
  • O livro que dá início é o livro ganhador da pessoa que te indicou;
  • Seguindo a lista de livros indicados pela pessoa que te passou a tag, você deverá ir escolhendo de acordo com a ordem se: deixa o livro que lidera a batalha ou se escolhe a nova opção dada e abaixo explica o porquê;
  • Uma vez que tenha o seu livro ganhador, escolha você sete livros e sete blogs para repassar a TAG.

O livro que venceu a batalha da Jessica foi Estilhaça-me.

estilhaçame-Tahereh Mafi

Continuar lendo

Resenha de Reconstruindo Amelia

IMG_20151116_160556 (2)

Autora: Kimberly McCreight                               Editora: Arqueiro

Reconstruindo Amelia era um livro bem procurado na livraria em que eu trabalhava, o que me deixou bem curiosa com a história e depois de ler a sinopse entendi o porquê da procura, e então o livro foi pra minha wishlist. Olha a sinopse:

Kate Baron, uma bem-sucedida advogada, está no meio de uma das reuniões mais importantes de sua carreira quando recebe um telefonema. Sua filha, Amelia, foi suspensa por três dias do Grace Hall, o exclusivo colégio particular onde estuda. Como isso foi acontecer? O que sua sensata e inteligente filha de 15 anos poderia ter feito de errado para merecer a punição? Sua incredulidade, no entanto, vai aos poucos se transformando em pavor ao deparar, no caminho para o colégio, com um carro de bombeiros, uma dúzia de policiais e uma ambulância com as luzes desligadas e portas fechadas. Amelia está morta. Aparentemente incapaz de lidar com a suspensão, a garota subiu no telhado e se jogou. O atraso de Kate para chegar a Grace Hall foi tempo suficiente para o suicídio. Pelo menos essa é a versão do colégio e da polícia. Em choque, Kate tenta compreender por que Amelia decidiu pôr fim à própria vida. Por tantos anos, as duas sempre estiveram unidas para enfrentar qualquer problema. Por que aquele ato impulsivo agora? Suas convicções sobre a tragédia e a própria filha estão prestes a mudar quando, pouco tempo depois do funeral, ela recebe uma mensagem de texto no celular: Amelia não pulou. Alternando a história de Kate com registros do blog, e-mails e posts no Fa­cebook da filha, Reconstruindo Amelia é um thriller empolgante que vai surpreender o leitor até a última página.

Continuar lendo