Resenha de A SEREIA

Uma menina misteriosa. O garoto de seus sonhos. A Água entre eles.

 

Autor: Kiera Cass.

Editora: Seguinte.

Sinopse oficial:

“Anos atrás, Kahlen foi salva de um naufrágio pela própria Água. Para pagar sua dívida, a garota se tornou uma sereia e, durante cem anos, precisa usar sua voz para atrair as pessoas para se afogarem no mar. Kahlen está decidida a cumprir sua sentença à risca, até que ela conhece Akinli. Lindo, carinhoso e gentil, o garoto é tudo o que Kahlen sempre sonhou. Apesar de não poderem conversar – pois a voz da sereia é fatal -, logo surge uma conexão intensa entre os dois. É contra as regras se apaixonar por um humano, e se a Água descobrir, Kahlen será obrigada a abandonar Akinli para sempre. Mas pela primeira vez em muitos anos de obediência, ela está determinada a seguir seu coração.”

Kahlen não se lembrava do nome dos irmãos, do pai só se lembrava do bigode e que ela era parecida com sua mãe. E isso era tudo o que ela tinha guardado da família com quem convivera durante seus 19 primeiros anos. Os outros oitenta foram reservados especialmente para servir Água. Graças a Ela, Kahlen possuía qualidades sobre-humanas, além da beleza estonteante e longos anos de juventude. Ser uma sereia poderia parecer um sonho, mas para a jovem estava se tornando um pesadelo.

Apesar de ser a mais fiel e obediente sereia, e também ser a preferida d’Água, Kahlen sentia um vazio imenso que só piorava com os pesadelos constantes que tinha com as vítimas dos naufrágios causados por ela suas “irmãs”, as outras sereias com quem dividia a dura sentença. Ela sempre achou que conhecer melhor cada uma de suas vítimas a ajudaria a se livrar desse vazio. Mas só percebeu seu erro ao conhecer Akinli.

Kahlen não esperava que aquele garoto de calça cáqui empurrando um carrinho cheio de livros iria insistir a conversar com a garota muda – afinal, ela não podia conversar normalmente sem fazer alguém tentar se afogar – mas Akinli era diferente, não via só uma garota linda, ele sabia que havia algo a mais nela e que valia a pena conhecer. Com palavras doces e gestos gentis o rapaz tomou conta de seu coração sem que ela percebesse. Mas Kahlen nunca poderia ser de Akinli enquanto pertencesse a Água. E ainda tinha 20 anos por vir.

“É uma cantiga de ninar para os que vão marchar para a morte.” Página 297.

Kahlen é o tipo de pessoa que não gosta de decepcionar os outros, por isso sempre deu seu melhor para obedecer a Água e tentar fazer suas irmãs Elizabeth e Miaka, felizes. Mas o peso das mortes que causa fica maior a cada dia, a cada pesadelo, a cada nova canção que deve ser cantada para alimentar Água. E é apenas com Akinli que ela sente que pode ser uma garota normal. O garoto com quem ela tem uma ligação que vai além da razão e parece ser inexplicável.

Na carta aberta escrita especialmente aos leitores brasileiros, Kiera fala sobre a força e a vulnerabilidade dessas jovens sereias sobre quem escreve. Apesar de serem sobre-humanas as personagens possuem uma fragilidade humana que nem seu lado sereia pode apagar: a incrível capacidade de amar. E esse é o grande foco do livro, o amor materno e ao mesmo tempo possessivo e ciumento d’Água, o amor fraternal que há entre as irmãs que fariam de tudo uma pela outra, e o amor de almas gêmeas que liga Kahlen e Akinli, e quase os leva a destruição.

“A Sereia” é sobre sonhar e por mais louco e impossível que seja nossos sonhos devemos segui-los e lutar pelo que achamos que vale a pena. É sobre como o amor é a força mais poderosa da humanidade, ao mesmo tempo em que pode nos salvar, também pode nos destruir. E sobre como às vezes o silêncio das sereias pode ser fatal.

“Acho que ninguém seria capaz de existir por uma pessoa durante uma vida inteira. […] Mas talvez seja possível. Quando se encontra a pessoa certa.” Página 174.

Por Bárbara Nakano

Anúncios

4 comentários sobre “Resenha de A SEREIA

  1. Pingback: Lidos em Fevereiro | Nerdíssimos

  2. Pingback: Top 5 – Livros para ler em um dia | Nerdíssimos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s