Resenha de DEPOIS DE VOCÊ

 Não pense muito em mim… Apenas viva bem. Apenas viva.


Autor: Jojo Moyes

Editora: Intrínseca

Sinopse oficial:

“Quando uma história termina, outra tem que começar. Com mais de 5 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo, Como eu era antes de você conta a história do relacionamento entre Will Traynor e Louisa Clark, cujo fim trágico deixou de coração apertado os milhares de fãs da autora Jojo Moyes. Em Depois de você, Lou ainda não superou a perda de Will. Morando em um flat em Londres, ela trabalha como garçonete em um pub no aeroporto. Certo dia, após beber muito, Lou cai do terraço. O terrível acidente a obriga voltar para a casa de sua família, mas também a permite conhecer Sam Fielding, um paramédico cujo trabalho é lidar com a vida e a morte, a única pessoa que parece capaz de compreendê-la. Ao se recuperar, Lou sabe que precisa dar uma guinada na própria história e acaba entrando para um grupo de terapia de luto. Os membros compartilham sabedoria, risadas, frustrações e biscoitos horrorosos, além de a incentivarem a investir em Sam. Tudo parece começar a se encaixar, quando alguém do passado de Will surge e atrapalha os planos de Lou, levando-a a um futuro totalmente diferente.”

“Falhei com você, Will. Falhei com você de todas as maneiras possíveis.” Lou se sente completamente perdida, sem rumo e mais culpada ainda. Todas as promessas que fez a Will se perdem no seu dia a dia em um barzinho de aeroporto, vestida como um leprechaun de danceteria de quinta categoria e se acabando em garrafas de vinho da lojinha de Samir. Ela não faz a mínima ideia de aonde foi parar a garota que costumava ser, Will tinha partido e tinha levado parte dela com ele. A maior parte dela.

Então quando caiu do prédio, depois de gritar com os céus, em um misto de raiva, culpa e desespero – com alguns palavrões, Lou nunca poderia imaginar que sua vida mudaria novamente. De volta à casa dos pais, com um quadril fraturado e o ego mais ferido que nunca, afinal ela podia sentir o peso das perguntas silenciosas que questionavam se ela tinha se jogado do prédio ou não, Lou se reconectava a família com quem tinha parado de falar – sua mãe ainda era muito católica para aceitar o que ela tinha feito, e ela mesma tentava se reencontrar.

Mas essa caminhada não será nada fácil. Em uma madrugada uma garota estranha e visivelmente alterada, bate à sua porta e diz ser filha de Will Traynor. Como Will poderia ter uma filha de 16 anos e nunca ter falado nada para ela? E por mais inacreditável que parecesse Lily conseguia ser tão irritante e arrogante como o falecido pai. Ou talvez só fosse reflexo relacionamento nada afetivo entre a jovem e a mãe.

“Não quero que a minha felicidade dependa de outra pessoa, não quero ser refém de destinos que não consigo controlar.” Página 187.

Vemos Lou tentando sair de sua concha, mesmo quando não se esforça tanto para participar do grupo de apoio Seguindo em Frente, ela não sente que está fazendo progressos. Antes estava só encalhada em um emprego que odiava, agora ela estava encalhada em um emprego que odiava, uma adolescente descontrolada e com sérios problemas familiares hospedada em sua casa, e um rapaz que pedia o amor que ela não se sentia preparada para dar.

Vou confessar que durante todo o livro fiquei muito relutante com a relação de Lou e Sam, afinal Will não é uma forte lembrança somente para ela, mas para todos que leram Como Eu Era Antes de Você, mas Sam possui a firmeza e equilíbrio que nossa Lou precisa para reconstruir a própria vida, não que ela precise depender de alguém, mas ela precisa ser relembrada que é especial e tem força própria, e Sam faz com que ela se lembre disso.

Já Lily faz com que eu suba nas paredes de raiva. Ela é aquele personagem cheio de problemas, mas que não deixa que as pessoas se aproximem para ajudar e no fim sempre acaba machucando os outros, mesmo que sem querer. A maneira submissa a qual Lou se submete a todas as birras da jovem, não querendo decepcionar Will, me deixou muito nervosa, mas no fim consegui ver a relação bonita e de confiança que conseguiram construir apesar de todas as adversidades.

Outro ponto do livro que gostei muito foi o crescimento da personagem da mãe da Lou, ela se redescobre (deu para perceber que esse é o ponto forte do livro, não é?) como mulher. É um enredo bem trabalhado por Jojo que nos faz lembrar que mães antes de tudo são mulheres, tem suas necessidades, sonhos e vontades. E a mãe de Lou se lembra disso sobre si própria, o que acaba causando uma pequena revolução dentro de casa.

Enfim, “Depois de você” é sobre seguir em frente mesmo quando parece que não vale a pena viver, é sobre redescobrir nossa força interior, é sobre aprender que podemos amar mais de uma vez e que não significa que por isso amamos menos a outra pessoa. É sobre recomeçar e apenas viver. Viver bem.

“Nunca se sabe o que vai acontecer quando se cai de uma grande altura.” Página 186.

Por Bárbara Nakano 

Anúncios

5 comentários sobre “Resenha de DEPOIS DE VOCÊ

  1. Também li esse livro essa semana. gostei muito.
    claro que não traz a mesma emoção e suspiros que sentimos quando lemos o primeiro, já que o Will não está presente nele, mas mesmo assim me fez sentir o coração apertado em momentos que ela falava dele.
    Dessa vez a história acabou de vez ou vai ainda ter outra continuação? você saberia dizer?
    beijos!!!

    Curtir

    • Olá! que bom que gostou!
      Sim, durante todo livro eu também senti falta de Will e sempre que Lou o lembrava era bastante doloroso.
      Até onde sei Jojo não tem planos para uma continuação, mas nunca se sabe, não é? Depois de você ela resolveu escrever quando ajudou com o roteiro para o filme de Como eu era antes de você, ela disse que sentiu que precisava dar continuidade na história de Lou.
      Mas eu sinceramente acho que não tem necessidade para algo além desse.
      Beijos e obrigada por comentar!

      Curtido por 2 pessoas

      • Também acho que não tem motivo, apesar de amar a história e a Lou. mas sei lá, tudo sem o Will ficou tão triste, que é melhor deixar do jeito que está mesmo, né. Apesar de que ter lido esses livros fez criar um “buraco” no coração…beijos!!! Ansiosa agora pelo filme.

        Curtido por 1 pessoa

  2. Pingback: Leituras de Abril | Nerdíssimos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s