Resenha de Espada de Vidro

“Um novo sangue com poderes inimagináveis. A Rebelião não será mais a mesma.”

AVISO: POR SER O SEGUNDO VOLUME DA SÉRIE, A RESENHA PODE CONTER SPOILERS DO PRIMEIRO LIVRO.

IMG_2427

Autora: Victoria Aveyard         Editora: Seguinte

Se você acompanha o blog sabe que A Rainha Vermelha foi uma maravilhosa surpresa para mim, falei dele aqui, e já estava ansiosa para sua continuação. Agora posso dizer que Espada de Vidro é tão incrível quanto o primeiro. Olhem a sinopse:

O sangue de Mare Barrow é vermelho, da mesma cor da população comum, mas sua habilidade de controlar a eletricidade a torna tão poderosa quanto os membros da elite de sangue prateado. Depois que essa revelação foi feita em rede nacional, Mare se transformou numa arma perigosa que a corte real quer esconder e controlar.
Quando finalmente consegue escapar do palácio e do príncipe Maven, Mare descobre algo surpreendente: ela não era a única vermelha com poderes. Agora, enquanto foge do vingativo Maven, a garota elétrica tenta encontrar e recrutar outros sanguenovos como ela, para formar um exército contra a nobreza opressora. Essa é uma jornada perigosa, e Mare precisará tomar cuidado para não se tornar exatamente o tipo de monstro que ela está tentando deter.

O livro começa exatamente do ponto que A Rainha Vermelha terminou, Mare e Cal estão fugindo do malvado príncipe Maven e são auxiliados pela Guarda Escarlate, com a demonstração de seus poderes na arena, agora todos sabem que Mare é vermelha, mas tem poderes iguais aos dos prateados.

O rei Maven coloca todos a procura dos fugitivos, mas Mare não planeja se manter escondida,  com a ajuda de Cal, Farley, Shade, seu irmão, e Kilorn, seu amigo de infância, a garota elétrica usará a lista de sanguenovos dada por Julian e tentará encontrá-los e salvá-los, antes que o rei chegue até eles.

IMG_2638

Gostei muito do rumo que a história tomou, nesse livro o romance é muito sutil, quase inexistente e o foco é esse novo povo, metade vermelho, metade prateado e mais poderoso que os dois, na busca por eles, em seus poderes inimagináveis e seu treinamento, além disso a guerra está mais próxima e a Guarda Escarlate está pronta para se levantar, vermelhos como a aurora!

Mare mudou bastante também, às vezes tenho dúvidas se pra melhor ou para pior, ela está mais decidida, determinada e confiante, mas em alguns momentos passa dos limites, em outros se sente culpada por seus atos, estou ansiosa para ver o rumo dessa personagem.

“Se sou uma espada, sou uma espada de vidro, e já me sinto prestes a estilhaçar.” Pág 275

Espada de Vidro é repleto de ação, tensão e adrenalina, uma leitura emocionante e eletrizante (Mare, isso é com você! Hahahaha)! Se você já leu A Rainha Vermelha, te aconselho a não perder mais tempo e ler a continuação, se não leu te indico essa distopia maravilhosa, mas comece pelo primeiro tá! Hahaha

“E temos uma aliança – instável, forjada em sangue e traição. Estamos conectados, unidos contra Maven, contra todos que nos enganaram, contra o mundo prestes a se despedaçar.” Pág. 13

Por Amanda Padovan

Anúncios

21 comentários sobre “Resenha de Espada de Vidro

  1. Pingback: TAG: Livros e Adaptações | Devaneadora de Ideias

  2. Oie!
    Eu li esse livro e foi um dos melhores que li no momento. Gostei bastante da narrativa, assim como do andamento da história. Inclusive, não vejo a hora de ler a continuação :O Muito bom!
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    Curtido por 1 pessoa

  3. Ooi! Gostei muito da resenha e estou ansiosa para ler o primeiro livro ❤ Eu amei as capas destes livros e a sinopse é muito interessante, e por se tratar de ação, aventura e fantasia, já está há um tempinho na minha wishlist ^-^
    Parabéns pela resenha! Beeijos

    Curtir

  4. Olá!

    Li o primeiro e me arrependi. História muito chata e arrastada!!! Que bom que você está curtindo os livros, porque eu tive uma péssima experiência com essa autora. Tanto que comprei, li e logo que pude, vendi o meu. Suas fotos estão lindas, parabéns!

    Curtido por 1 pessoa

  5. Pingback: Leituras de Abril | Nerdíssimos

  6. Olá!

    Não sei dizer o que achei desse segundo do volume, parte de mim amou e a outra odiou. Eu não compro o romance Mare-Cal, ainda nem que é sutil. A Mare foi intragável na maior parte do livro, então mesmo consciente da qualidade da história demorei pra ler de tão arrogante que achei a personagem, não ajuda o fato dela sempre esquecer a família como se eles fossem fumaça enquanto ela é um vulcão em erupção. Sei lá, tem muito a ver com essa linha do bem e do mal onde ela está, o que é compreensível, de certa forma. Mad, teria gostado muito mais se tivesse o ponto de vista de outros personagens que considero muito mais interessantes…

    Até mais 🙂

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s