Quotes de Jogo de Espelhos

“Percebi que não seriam meus pais que me salvariam, que dariam um jeito em mim ou me ajudariam. Eles estão tão ocupados se autodestruindo que eu e minha irmã mais nova, Gracie, não passamos de dano colateral.” Pág. 17

“Eu me inflei como um balão por causa deles, eu me transformei em esqueleto por causa deles, e nada mudou. A não ser eu.” Pág. 49

“Ela quer todas as atenções, porque tem medo de ficar sozinha.
Ela quer ser querida por todos porque, às vezes, lá no fundo, ela se odeia.” Pág. 130

“Eu sou assim, e não me encaixo em nenhuma categoria, além da que criei para mim mesma, e por que isso faria diferença para as outras pessoas? Eu só quero ser eu mesma.” Pág. 197

“Não tem nada de errado em ser quem a gente é de verdade. E, por um instante, sinto a ansiedade deixando meu corpo e paro de olhar para mim mesma no espelho e olho a cidade pela janela do quarto, as luzes de milhões de vidas piscando no horizonte.” Pág. 197

“Me sinto livre, porque hoje quebrei mais uma barreira que me impedia de ser eu mesma, atravessei mais uma ponte em direção à vida que desejo. E, pelo menos por enquanto, estou me sentindo bem por tê-la atravessado, mesmo que ela tenha se destruído depois da minha passagem.” Pág. 198

“É só o que eu quero, mãe, é me sentir bem sendo quem eu sou e amar quem meu coração escolher. Não quero magoar nem causar repulsa em ninguém. Eu só quero ser eu mesma.” Pág. 225

“Sinto dor no corpo inteiro, como se cada pedaço de mim tivesse sido ferido, por dentro e por fora. Eu só quero que isso passe.” Pág. 227

Anúncios

Resenha Jogo de Espelhos – Cara Delevingne

O que você vê quando se olha no espelho?

Autora: Cara Delevingne e Rowan Coleman             Editora: Intrínseca

Sinopse:

Naomi, Rose, Leo e Red são adolescentes enfrentando aquela fase em que se relacionar no colégio é tão difícil quanto encarar os próprios problemas. Red tem uma mãe alcoólatra e um pai ausente; o irmão de Leo está na prisão; Rose usa sexo e drogas para mascarar traumas antigos e Naomi se esconde atrás de peruca e maquiagem pesada.
Quatro adolescentes tão diferentes viram melhores amigos quando são obrigados a formar uma banda. O que era uma tarefa chata vira a famosa e popular Mirror, Mirror. Através da música, eles encontram um caminho para encarar o mundo de outra forma.
Mas tudo desmorona quando Naomi some misteriosamente e é encontrada, dias depois, entre a vida e a morte. O acidente desestrutura a banda e, consequentemente, a vida de todos. A sólida relação de amizade que eles achavam estar construindo tinha uma rachadura, e tudo o que restam são dúvidas e vazios. O que aconteceu com Naomi? Foi um acidente ou um ataque? Por que ela fugiria e deixaria a banda para trás? Por que esconderia segredos dos seus melhores amigos? Para desvendar o mistério por trás dessa história, Red e os amigos entram em uma investigação que vai desenterrar seus próprios segredos obscuros e fazê-los confrontar a diferença entre o que eles realmente são de verdade e a imagem que passam para o mundo.
Em seu romance de estreia, a modelo e atriz Cara Delevingne revela mais um talento ao apresentar um olhar fresco e sagaz sobre questões atuais da juventude: amizade, bullying, identidade, gênero, transtornos emocionais, a influência perigosa das mídias sociais nas relações e o poder destruidor da imagem.

O livro conta a história de 4 adolescentes, Red, Leo, Rose e Naomi, juntos eles formam a banda Mirror, Mirror e fazem sucesso entre os jovens, mas tudo muda quando Naomi desaparece e fica ainda pior quando a encontram desacordada e muito machucada. Com a amiga entre a vida e a morte, o grupo se junta para tentar descobrir o que aconteceu com a amiga, será que foi um acidente? Será que ela tentou suicídio? Ou pior ainda, será que alguém fez isso com ela?

“Eu me inflei como um balão por causa deles, eu me transformei em esqueleto por causa deles, e nada mudou. A não ser eu.” Pág. 49

E Jogo de Espelhos, além de ver a luta para descobrir o que aconteceu com Naomi, vemos a luta diária desses garotos para passar pelos problemas da adolescência e os que têm em casa. Pais alcoólatras, adúlteros, que não os enxergam, problemas financeiros, bullying, estupro, são só alguns dos obstáculos que esses jovens têm que enfrentar.

A leitura é rápida, fácil e envolvente, com drama e suspense na dose certa e personagens cativantes, um livro que me surpreendeu demais e que recomendo muito a leitura!

“É só o que eu quero, mãe, é me sentir bem sendo quem eu sou e amar quem meu coração escolher. Não quero magoar nem causar repulsa em ninguém. Eu só quero ser eu mesma.” Pág. 225

Por Amanda Padovan

Quotes de Isla e o final feliz – Stephanie Perkins

IMG_1020

“Queria que Josh olhasse para mim do mesmo jeito que olha para os próprios desenhos, porque então ele veria que há algo a mais em mim além da timidez, assim como vejo que há muito mais nele além da preguiça.”  (pág. 11)

 

“Eu queria que o mundo nos engolisse aqui, agora, por inteiro, nesse exato momento. E é aí que a ficha cai, que me dou de que isso – isso – é se apaixonar.” (pág. 93)

 

“Não acredito que os adultos fazem isso todos os dias. E não estou me referindo ao sexo, embora seja maravilhoso, mas a coisas como essa. Escovar os dentes na mesma pia. Será que os adultos se dão conta de como têm sorte? Ou esquecem que esses pequenos momentos são na verdade pequenos milagres? Não quero me esquecer disso nunca.” (pág. 161)

 

“Se continuar na sua zona de conforto, nunca vai descobrir quem é. Eu sei quem você é e amo você desse jeito.” (pág. 242)

Por Amanda Padovan