Resenha de O Perfume da Folha de Chá

Autora: Dinah Jefferies            Editora: Paralela

Em 1925, a jovem Gwendolyn Hooper parte de navio da Escócia para se encontrar com seu marido, Laurence, no exótico Ceilão, do outro lado do mundo. Recém-casados e apaixonados, eles são a definição do casal aristocrático perfeito: a bela dama britânica e o proprietário de uma das fazendas de chás mais prósperas do império.
Mas ao chegar à mansão na paradisíaca propriedade Hooper, nada é como Gwendolyn imaginava: os funcionários parecem rancorosos e calados, e os vizinhos, traiçoeiros. Seu marido, apesar de afetuoso, demonstra guardar segredos sombrios do passado e recusa-se a conversar sobre certos assuntos.
Ao descobrir que está grávida, a jovem sente-se feliz pela primeira vez desde que chegou ao Ceilão. Mas, no dia de dar à luz, algo inesperado se revela. Agora, é ela quem se vê obrigada a manter em sigilo algo terrível, sob o preço de ver sua família desfeita

Nesse romance de época, Gwen é uma jovem recém-casada totalmente apaixonada pelo marido, dono de uma importante fazenda de chá no Ceilão, por isso a jovem precisa se mudar para o outro lado do mundo, aprender as responsabilidades de uma casa e conviver com funcionários frios que não falam sua língua e que parecem não respeitar sua autoridade e com sua cunhada que tem uma relação conturbada com o casal, além disso, tem que se acostumar a estar sozinha, sem seus pais e sua amada prima.

Apesar de saber que o marido a ama muito, quando Gwen se muda para a casa da fazenda percebe uma mudança em seu comportamento, o sente distante e resolve fazer tudo o que puder para acabar com essa distância, para que voltem a ser o casal romântico e apaixonado que eram.

Quando descobre que está grávida, a jovem pensa que tudo irá melhorar e que sua vida será mais tranquila e cheia de felicidade e amor, mas quando dá à luz percebe que nada disso irá acontecer e ela terá que conviver com seu medo e culpa pelo resto da vida, além de guardar um segredo que pode acabar com seu casamento.

“Ela torceu para que, se tivesse muita sorte, talvez ainda chegasse o dia em que conseguiria perdoar a si mesma.”

O livro já começou me conquistando pela capa, que é linda, a escrita da autora é muito fluida e emocionante, e além do romance, Dinah Jefferies nos apresenta questões relacionadas as condições dos trabalhadores, aos costumes e preconceitos da época e a cultura do Ceilão, atual Sri Lanka. A história de Gwen nos mostra como é grande o amor por um filho e como escolhas ruins podem nos perseguir por toda a vida.

Se você gosta de romances de época, dramas familiares e histórias cheias de intrigas e segredos, irá gostar de O perfume da folha de chá!

“Gwen sabia o que significava conviver com o medo e a culpa. Era uma coisa que machucava. Machucava demais.”

Por Amanda Padovan

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s