Resenha de A Garota do Orfanato Sombrio – Temple Mathews

Autor: Temple Mathews    Editora: Jangada

Sinopse:

Echo Stone acorda suando frio num quarto escuro e desconhecido, sem saber exatamente como foi parar ali. Tentando entender a situação, ela descobre que aquele lugar sombrio é a “Casa do Meio”, um orfanato que abriga crianças e adolescentes. Só tem um problema: Echo não é órfã, seus pais estão vivos. Mas ninguém parece se importar com suas explicações e o único disposto a ajudá-la a fugir dali é Cole. Mas quando a garota consegue voltar pra casa o problema fica ainda pior: uma fita amarela da polícia indica que um crime horrível e violento aconteceu – seu próprio assassinato. Echo está morta e não sabe como isso aconteceu. Desesperada para ter sua vida de volta, ela inicia uma busca para resolver esse enigma e, à medida que cresce a lista de suspeitos, ela descobre que não é a garota boazinha que julgava ser.

Já imaginou acordar sem saber onde está? Você não conhece o lugar e é tudo estranho, inclusive as pessoas que você encontra por lá. Pois é, foi isso que aconteceu com a Echo.

Continuar lendo

Resenha Eu terei sumido na escuridão – Michelle McNamara

Autora:  Michelle McNamara       Editora: Vestígio
Sinopse:
Por mais de dez anos, um criminoso sexual misterioso e brutal violentou cinquenta pessoas no norte da Califórnia antes de se transferir para o sul, onde cometeu dez assassinatos perversos. Em 1986, desapareceu, evitando sua captura por 30 anos. Ao longo dessas três décadas, Michelle McNamara, uma jornalista investigativa que criou o popular website TrueCrimeDiary.com, se dedicou ao caso, determinada a encontrar o psicopata cruel que ela chamava de “Golden State Killer”, ou “Assassino do Estado Dourado”. Michelle se debruçou sobre relatórios policiais, entrevistou vítimas e mergulhou em comunidades online de pessoas tão obcecadas com o caso quanto ela. Sua investigação resultou em Eu terei sumido na escuridão, uma verdadeira obra-prima que apresenta um retrato emocional de um período da história americana e uma narrativa arrepiante sobre a obstinação de uma mulher em sua busca incansável pela verdade. Em 2018, meses após a publicação do livro nos Estados Unidos, Joseph James DeAngelo foi preso em Sacramento, Califórnia, finalmente identificado por meio de testes de DNA. McNamara, que fazia uso de medicamentos para ansiedade e transtorno do pânico, morreu de um mal súbito em 2016, aos 46 anos, e não pôde vivenciar seu triunfo. Mas, sem dúvida, seu trabalho ficará marcado como um clássico do true crime, e a obra que ajudou a lançar luz sobre o mistério do Golden State Killer.
O livro é uma coletânea do trabalho de uma jornalista investigativa, Michelle McNamara, criadora também de um blog sobre true crime que dedicou muito do seu tempo em pesquisas sobre o Golden State Killer ou “Assassino do Estado Dourado”, ou ainda “Estuprador da Área Leste” (EAL), um criminoso em série que violentou e matou muitas pessoas e que por muitos anos ficou à solta.
“Eu não estou interessada em virar aquela que o capturou. Só quero as algemas nos pulsos do cara e uma porta de cela batendo atrás dele.” Pág. 310
Eu adoro ler sobre investigações criminais, como tudo foi feito, o estudo sobre o criminoso e quando a editora entrou em contato comigo e me enviou a sinopse já fiquei enlouquecida para ler Eu terei sumido na escuridão. A obra começa falando um pouco sobre as vítimas, como foram os ataques, quem eram os responsáveis pela investigação e como ela ocorreu. Além disso, a autora fala um pouco de como se interessou por true crime ainda na adolescência, como foi sua pesquisa e onde e como buscava informações.
O EAL assombrou por muito tempo mulheres e famílias nos Estados Unidos, conhecido por estar sempre um passo a frente da polícia, conhecia bem a rotina de suas vítimas, seus horários, espiava por janelas, pulava cercas, entrava em casas a noite, amarrava com cadarços e estuprava mulheres, ameaçava matar suas esposas se os maridos se mexessem e sempre usava máscara.
“Seus assassinatos eram um desfile de detalhes fragmentários que nunca mostravam coerência e nunca paravam de rodar na sua cabeça.” Pág. 39
Infelizmente  Michelle McNamara morreu precocemente, antes de conseguir ver o Golden State Killer atrás das grades, em 2018 Joseph James DeAngelo foi preso, identificado por meio de testes de DNA, mas sem dúvida toda a pesquisa da autora ajudou na resolução desses crimes e se você gosta de livros sobre crimes reais deveria lê-lo!
“Faça um movimento e você ficará em silêncio para sempre, e eu terei sumido na escuridão” Pág. 69
Por Amanda Padovan